Sistema binário de trânsito está sendo implantado em Sertanópolis


O município de Sertanópolis deu início à implantação do Sistema Binário de Trânsito Viário Urbano. O método consiste basicamente em colocar as ruas em sentido único. O mesmo sistema foi implantado em Londrina nos anos 80, pelo então prefeito e engenheiro Wilson Moreira.

As placas estão sendo colocadas e, em breve, o sistema será acionado como um todo. Em algumas situações, os moradores irão ter maior dificuldade e, em outras, irá facilitar o trânsito, fluindo de forma mais rápida e eficaz.

Na primeira etapa, as modificações serão feitas apenas no quadro antigo da cidade. Os bairros, neste primeiro momento, não serão afetados. O sistema prevê o estacionamento nos dois lados da via. As ruas do quadrilátero, compostas pelas ruas Sergipe e Santa Catarina, Distrito Federal e Espírito Santo terão o trânsito nos dois sentidos da via. Porém, o estacionamento deverá ser feito em apenas um dos lados da rua. Dessa forma, todas as ruas terão três sentidos de tráfego: Ou será duas pistas de estacionamento e uma de rolamento (as ruas centrais) ou duas pistas de rolamento e uma de estacionamento (Distrito, Santa Catarina, Sergipe e Espírito Santo).

Antes mesmo da implantação, uma parte da população tem feito elogios e críticas ao novo sistema, através das redes sociais e grupos de mensagens. Uma das confusões diz respeito às placas que sinalizam o sentido da via e a placa que mostra as conversões.

Um dos problemas será o acesso ao Ginásio Monteiro Lobato e outros locais da cidade, que obrigarão os motoristas a fazer o contorno em mais de um quarteirão, consumindo assim mais combustível e tempo. As principais cobranças dizem respeito à reforma do hospital, que se arrasta, a falta de um projeto habitacional (construção de casas populares), a solução do esgoto (mal cheiro na Rua Minas Gerais e no pinicão), falta de um programa de industrialização para geração de empregos). O projeto não passou pela Câmara de Vereadores, foi um ação de responsabilidade exclusivamente do prefeito.

Na realidade, a mudança era necessária. Sertanópolis é uma cidade projetada na década de 30. Naquele tempo, haviam poucos automóveis e os caminhões eram menores. As ruas de Sertanópolis são estreitas. Com o passar dos anos, tudo foi crescendo. Atualmente fica impossível transitar quando há caminhões estacionados e outros veículos precisam passar. As camionetes estão maiores e os veículos também. A princípio vai criar um certo transtorno, mas com o passar dos tempos, os motoristas irão acostumar.

A Prefeitura informou que, no início, não haverá multas, apenas orientações, até que todos se acostumem. Algumas alterações poderão ocorrer, caso haja necessidade. Confira no mapa abaixo, como ficará o trânsito em Sertanópolis:


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>