Abandono toma conta de Jaguapitã


Uma imagem vale mais que mil palavras. O que vão dizer agora os bajuladores? Acima, a fonte recém inaugurada na Praça São José. Abaixo, lixo espalhado na Vila Industrial (fotos da rede social Facebook).

O município de Jaguapitã vem atravessando uma fase bem complicada. Não bastasse o recorde negativo de ser a cidade do Paraná com o maior índice de despesas com pessoal (mais de 60%), agora se vê a volta com o descaso das autoridades em questões importantes como a limpeza pública e o combate à dengue.

No chafariz recém-inaugurado na Praça São José dos Bandeirantes, o abandono é evidente. O que deveria ser um belo cartão postal está abandonado e o local está servindo de criadouro para o mosquito da dengue. Populares reclamam do mal cheiro no local e do lodo e algas que se formaram dentro do recinto do chafariz apelidado pela população de “fonte da vergonha”.

A propalada reforma custou aos bolsos do contribuinte a bagatela de 300 mil reais e o chafariz só funcionou no final do ano passado, por poucos dias. Com certeza depois dessa edição de nosso jornal, vai voltar a funcionar. Na última edição já havíamos alertado para o problema e nosso jornal foi alvo de críticas de bajuladores. Agora apresentamos a prova. Uma imagem vale mais que mil palavras. A foto aqui reproduzida foi publicada no Facebook e rendeu dezenas de comentários hilários e críticos. É óbvio que ficamos um pouco chateados pois essa matéria nos obrigou usar um espaço colorido para mostrar essa “beleza”. Gostaríamos de mostrar o progresso de Jaguapitã e não isso que se vê aí.

Outra publicação que também rendeu muitos comentários foram as fotos do lixão a céu aberto na Vila Industrial.

Cadê os vereadores que não denunciam ao Ministério Público? O que se pode concluir é que a população perdeu o respeito pela coisa pública e já não esconde suas críticas às inúmeras falhas cometidas pela administração Made in Brazil. Atualmente, o que a população de Jaguapitã mais deseja é que os próximos três anos passem rapidamente.


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>