Alvorada do Sul tem FPM bloqueado


Quando se falava que a situação do município de Alvorada do Sul era crítica, alguns não acreditavam e outros, que participaram da antiga gestão diziam que tudo estava bem, que tinham deixado dinheiro em caixa.

Pois bem, o resultado está aí: O FPM – Fundo de Participação dos Municípios, uma das principais fontes de renda do município foi bloqueada em virtude de dívidas deixadas pela administração anterior, no valor de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais) – mais de meio milhão. Essas dívidas vêm do não pagamento da Cota Patronal do INSS (da Prefeitura) e do PASEP, referente aos meses de julho a dezembro de 2016, deixadas pelo ex-prefeito.

É com os recursos do FPM que é pago o salário dos funcionários municipais e alguns fornecedores. O Prefeito Marcos Pinduca está preocupado com um possível atraso no pagamento dos servidores. “Fomos pegos de surpresa. A gente tinha levantado a dívida, mas não imaginamos que o bloqueio acontecesse tão rápido. Estamos tomando todas as providências para regularizar e negociar a situação, que é muito preocupante”, afirmou.

O Prefeito garantiu que o primeiro passo foi decretar “calamidade financeira” do município e liquidar a folha de pagamento de dezembro/2016.

O Jornal da Cidade consultou o SIAFI – Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal e comprovou o bloqueio. Torcemos para a população de Alvorada do Sul não seja penalizada por uma administração desastrosa para o município.

 

Confira na integra na Edição de Março/2017


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>