Assistência Social e Secretaria do Meio Ambiente planejam ações conjuntas


Objetivo é utilizar medidas socioeducativas para evitar a produção de resíduos domésticos. Curso de sabão líquido é uma forma de contribuir com o Meio Ambiente e convivência entre as famílias participantes do programa.

As secretarias de Assistência Social e do Meio Ambiente de Alvorada do Sul planejaram ações conjuntas para serem desenvolvidas com os membros atendidos pelos programas Bolsa Família e Família Paranaense.

Segundo Ever Donizete Dugolin, Secretário do Meio Ambiente, “o objetivo é fomentar ações voltadas para a proteção do meio ambiente e a correta destinação dos resíduos sólidos domésticos. As ações a serem trabalhadas objetivam a não produção, redução, reutilização, reciclagem e destinação correta dos resíduos”, explicou.

Serão realizadas oficinas de reaproveitamento (alimentos, pallets, pneus), compostagem, horta, produção de placas educativas, produção de sabão caseiro e arborização, incluindo ainda medidas socioeducativas.

No dia 12 de dezembro, cerca de 50 famílias participaram das palestras na primeira reunião. Foram abordadas a importância da implantação de práticas sustentáveis e as potencialidades financeiras presentes nos resíduos. Tratou-se ainda da responsabilidade pela correta destinação dos resíduos, logística reversa, saúde pública e a importância de reciclar e reutilizar.

No dia seguinte, aconteceu a primeira oficina, do Sabão Caseiro, no Cras, para cerca de 15 famílias participantes. A química Flávia da Silva Camilo Tavares foi a instrutora da produção do Sabão Caseiro líquido, feito à base de óleo reutilizado. O processo de fabricação do sabão gerou muita expectativa, pois todas queriam colaborar de alguma forma, propiciando a troca de receitas e experiência, num excelente clima de convívio e envolvimento de todos, possibilitando a convivência entre os mesmos e reforçando a conscientização ambiental. A parceria entre as duas secretarias tem perspectivas da prevenção de riscos e defesa dos direitos, além de servir como articuladores das políticas socioassistenciais existentes no município.


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>