Evento sobre Abuso e Exploração Sexual acontece em Alvorada do Sul


Evento realizado no último dia 13 de maio, pela Rede de Proteção através da Secretaria de Assistência Social, deu início as mobilizações da Semana de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra crianças e adolescentes, com uma Palestra que abordou o tema, reunindo profissionais de diversas áreas, no Centro Cultural Manoel Palma Cano e reuniu cerca de 120 pessoas, entre elas professores, estagiários, representantes do Poder Público e Sociedade Civil.

O tema foi abordado pela psicóloga Juliana Mistrini Veríssimo, Especialista em Clínica Psicanalítica pela UEL – Universidade Estadual de Londrina (2016), Especialista em Avaliação Psicológica pelo Instituto Sapiens de Psicologia (2019), atua como psicóloga em consultório particular em Bela Vista do Paraíso e Londrina, e é Psicóloga Educacional nos Centros de Educação Infantil Dra. Martha Silva Gomes e Anita Canet em Bela Vita do Paraíso – PR. Foi destacada a importância do trabalho de prevenção, do sigilo profissional e do trabalho em rede.

A presidente do CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Renata Cristina de Souza, também diretora da Escola Estadual Anastácio Cerezine, agradeceu a presença de todos, elogiou o trabalho realizado pela equipe de Assistência Social, no qual muitos dos temas abordados tem contribuído para escola.

A Secretária de Turismo, Erica Búfalo ressaltou a importância do trabalho em rede, pois o município conta com aproximadamente 4.000 chácaras, e há feriados que circulam na cidade 15.000 pessoas, sendo esse um tema comum na área social, que deve trabalhar a prevenção ao abuso e exploração sexual.

A Secretária Interina de Assistência Social Vanessa Mara Solcia, relembrou o evento que esteve em Curitiba com a Assistente Social Érica Mara Barro, no mês passado no qual reforçou muito a parceria da Escola no trabalho em rede e enquanto espaço de proteção às crianças e adolescentes. Ela destacou que a revelação espontânea acontece principalmente nas escolas, e que ainda precisamos avançar com mais ações de prevenção, através de eventos, de propagandas, ou seja falar do tema.

O evento vai ao encontro das ações de prevenção, e na semana os professores da rede municipal abordaram nas escolas de uma forma lúdica o assunto. Já os adolescentes do Grupo de Temática do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, junto com a estagiária de Psicologia Priscylla G. Moreno, os funcionários do CRAS, a coordenadora do Pólo da Unifil Célia Poncio, as alunas da Unifil, o professor Rosival e os alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos) confeccionaram as flores símbolo da Campanha durante o mês, para colocar em pontos estratégicos da cidade como forma de relembrar o tema.

Os alunos da Escola Celson Heinzen – APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Alvorada do Sul-PR, entidade representativa que compõe o Conselho Municipal de Assistência Social e o de direitos das crianças e adolescentes, junto com os professores, também buscaram conscientizar a população, realizaram visitas e entregaram lembrancinhas no Posto de Saúde, na Clínica da Mulher, na avenida, em alguns pontos comerciais, mobilizando a comunidade alvoradense sobre a importância desta data.

Os alunos da Escola Celson Heinzen – APAE também particiaram da ação com visitas de conscientização.
Cerca de 120 pessoas participaram da Palestra que abordou o tema, reunindo profissionais de diversas áreas.


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>