Promotoria de Justiça denuncia servidores públicos de Sarandi por recebimento e pagamento ilegal de horas extras

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Maringá, no Norte-Central paranaense, e a 12ª Promotoria de Justiça da comarca ofereceram nesta terça-feira, 27 de março, denúncia contra seis guardas municipais e um ex-diretor de Recursos Humanos do Município de Sarandi por recebimento e pagamento ilegal de horas extras. Também foram denunciados um ex-secretário municipal de trânsito, que hoje é vereador de Sarandi, e um servidor público que atuava como diretor operacional. A denúncia de falsidade ideológica e peculato por desvios … Continue lendo Promotoria de Justiça denuncia servidores públicos de Sarandi por recebimento e pagamento ilegal de horas extras