Bela Vista combate à exploração sexual infantil

A Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, composta por diversos segmentos da sociedade como, Ministério Público, Juizado, Policia Civil e Militar, Departamentos Municipais de Saúde, Educação, Assistência Social, Cultura, Esporte, Trabalho, Entidades, Colégios Estaduais, CMDCA – Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente, CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social, Conselho Tutelar entre outros e articulada pelo Departamento de Assistência Social de Bela Vista do Paraíso, desenvolve várias atividades, voltadas à criança e ao adolescente.

Uma delas é a Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infantil. Foi instituído o dia 18 de maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, após a ocorrência do “Caso Araceli”, ocorrido no Espirito Santo. Existem diferenças entre abuso sexual (que envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente com adultos ou pessoa mais velha). Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual. O tema deste ano é “Faça Bonito” e tem como símbolo uma flor, significando a beleza e fragilidade das crianças.

A campanha teve início no dia 13 de maio em parceria com a Policia Militar, com Blitz Educativa de transito. Simultaneamente a Rádio Globo promoveu entrevista sobre o tema com a técnica do Departamento de Assistência Social, Marilene Ruiz.

Entre as atividades e ações desenvolvidas para a conscientização sobre o assunto, o Departamento de Educação promoveu com os alunos das escolas da rede municipal, a criação de cartazes, após o tema ser amplamente debatido em sala de aula. O mesmo aconteceu nas entidades e Colégios da rede Estadual. Os cartazes foram expostos na Feira da Lua que contou com apoio, na organização da exposição, dos agentes comunitários do Departamento de Saúde. Estes cartazes serão posteriormente afixados nas escolas, órgãos públicos e no comércio local. Paralelamente a Divisão de Esportes promoveu uma gincana com orientação e distribuição dos folders da Campanha.

Para lembrar este dia e esclarecer dúvidas a respeito do tema, a Rádio Globo proporcionou um bate papo com as Diretoras do Departamento de Assistência Social, Angela Piccin, Educação, Adenilze Lara, e representantes da Saúde pela psicóloga Daene Giglioli, e do Conselho Tutelar, João Carlos da Silva. Outro ponto divulgado foi o Disque 100, onde qualquer cidadão pode, de forma anônima e segura, denunciar casos de abusos e violência sexual contra crianças e adolescentes.

Participaram representantes dos Departamentos de Educação, Cultura e Esporte, Departamento de Saúde e Departamento de Assistência Social, através do Cras.
Os cartazes confeccionados pelos alunos foram expostos no comércio e orgãos públicos de Bela Vista do Paraíso.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *