Prefeitura assina acordo para construção de Capela Mortuária em Santa Margarida


O distrito de Santa Margarida deve ter a sua própria Capela Mortuária. A Prefeitura Municipal assinou acordo com a Biason & Biason Negócios Imobiliários, que será a responsável pela construção do imóvel de 168 m², em uma área de 715 m², orçada em R$ 357 mil.

O imóvel será construído na rua Mato Grosso, entre o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e a Vaca Mecânica. As obras devem ser concluídas em oito meses após a emissão da Licença de Instalação.

O acordo é fruto de uma negociação formalizada em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). A empresa havia obtido autorização para um loteamento de chácaras de lazer denominado Eco Parque Empresarial. Serão 70 lotes em uma área total de 110 mil m², cuja área de lotes comercializáveis ocupa 77 mil m².

Desta área total, a empresa deveria destinar 3.890 m² para o município, como manda a legislação. Porém, o Executivo argumentou que a posse de um local de lazer seria desvantajoso e oneroso, e a área ficaria obsoleta. Atualmente, por exemplo, o município já é dono de vários terrenos que estão abandonados. Por isso, a Prefeitura se apoiou em uma lei que permite converter o terreno em serviços, obras, equipamentos ou dinheiro.

No acordo, a empresa concordou em construir a Capela Mortuária em troca dos tais terrenos, que foram avaliados em R$ 330,7 mil. Assim, o custo da construção ficaria ligeiramente acima do valor dos terrenos.

A CAPELA
O Projeto Arquitetônico da Capela Mortuária foi feito pelo Departamento de Engenharia da Prefeitura. Logo na entrada, um jardim com acesso para pedestres leva até o imóvel, onde haverá uma fachada com cobogó (elemento vazado) preto, seguido de um pergolado com banco de fibra sintética. Dali, entra-se na sala de 51 m² onde serão feitos os velórios. Logo à frente, haverá uma copa, com pia e fogão, e na sequência um banheiro feminino com acessibilidade para portadores de necessidades especiais (PCD).
O imóvel continua em ordem espelhada: mais um banheiro, masculino, com as mesmas características, outra copa e mais um salão para velórios do mesmo tamanho do anterior. Ou seja, até duas pessoas poderão ser veladas ao mesmo tempo, em locais separados.
Depois do salão, fazendo um “L”, fica uma nova área com pergolado e banco de fibra sintética, seguida de um estacionamento que ficará atrás do prédio do CRAS, com capacidade para cinco vagas. Uma exclusiva para idosos e outra para PCD.

O terreno no distrito de Santa Margarida com 715m2 receberá a obra de construção da nova Capela Mortuária, como medida de contrapartida em acordo com a Biason & Biason Negócios Imobiliários.
A obra está orçada em R$ 357.000,00 e será erguida ao lado do prédio do CRAS em Santa Margarida. (foto com drone: Jornal da Cidade).


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>