Anfiteatro de Bela Vista recebeu novo telhado


Foi finalizada a reforma do telhado do Anfiteatro de Bela Vista do Paraíso, que estava em péssimo estado de conservação. A cobertura havia sido feita com telhas recicláveis, que por não resistirem aos ventos e à chuva, acabaram ocasionando a inundação da laje, que, por sua vez, causou enormes estragos no interior do prédio.

A laje estava repleta de trincas, fissuras e rachaduras, ocasionado pela água retida na laje, após um vendaval que provocou o destelhamento do Anfiteatro. Construído em 2008 na gestão do Prefeito Antônio Pimenta e inaugurado em 2010 na gestão do ex-prefeito Roberto Bertoncini, o prédio possui 250 m2 e custou cerca de 200 mil reais. O prédio possui um palco para apresentações, palestras e cursos, banheiros, copa e demais instalações.

O Prefeito Edson Vieira Brene conseguiu trocar o telhado, o que irá evitar novas goteiras e inundações na parte interna. Segundo a administração, “não adiantaria em nada arrumar lá dentro sem antes corrigir esse problema. Agora, numa segunda etapa, iremos partir para a recuperação interna do local. Estamos preparando os projetos para levar até o Governo Estadual ou Federal em busca de recursos. O que der a gente vai fazendo com recursos próprios. Vamos recuperar mais esta obra que estava em péssimo estado”, explicou.

Não bastasse, a atual administração de Bela Vista do Paraíso recebeu o município com a maioria das ruas com asfalto em péssimas condições, construções irregulares, parque industrial que não funciona, equipamentos sucateados, a saúde em frangalhos e uma grande quantidade de precatórios para pagar. “A gente sabia que a situação era difícil e, mesmo assim, aceitamos o desafio porque moramos aqui. Somos de Bela Vista e queremos o melhor para nossa cidade. Foram 20 anos de administrações sem critérios, fazendo as coisas pela metade ou malfeita. Vamos arrumando devagar. Não se recupera um estrago desses do dia para a noite. Sobrou pra nós”, disse resignado.

Onde antes havia uma cobertura com telhas de papelão (abaixo), agora existe uma cobertura bem feita. A próxima etapa será a recuperação interna e externa.
DCIM/100MEDIA/DJI_0138.JPG
O anfiteatro municipal está comprometido devido a qualidade dos materiais utilizados para construção e falta de manutenção das gestões anteriores.
Foram constatados uso de telhas recicladas, que com o tempo sofreram grave degradação.


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>