Edital para ingresso no Parque Tecnológico de Maringá é atualizado

Empresas das áreas de agrotecnologia e tecnologias sustentáveis interessadas em se instalar no Parque Tecnológico de Maringá têm até 19 de dezembro para apresentar suas propostas ao Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar). O novo prazo foi anunciado nesta quarta-feira (16) pelo diretor-presidente do instituto, Jorge Callado, durante reunião com empresários e lideranças da região, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim). Em agosto, o edital de chamamento havia sido suspenso para que a linha estratégica do parque fosse redefinida, em consonância com a área de atuação do Tecpar. O edital atualizado está disponível no endereço eletrônico http://www.tecpar.br/chamamento_publico_001-2019/. Uma das exigências para uma empresa se instalar é o propósito de desenvolver pesquisas e novos produtos em parceria com o instituto, e futura transferência de tecnologia para o Estado.

APOIO AO
CRESCIMENTO
O Parque Tecnológico de Maringá é uma iniciativa estratégica do Governo do Estado, que atende a mobilização da sociedade civil regional, liderada pela Prefeitura de Maringá e pela Acim.
O ambiente de inovação está localizado dentro do Tecnoparque e deve reunir empresas de base tecnológica com produtos e serviços que sejam resultados de atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico ou de inovação. “Nosso objetivo é que este espaço seja referência na área de inovação para o país e um propulsor para a economia regional”, destaca Jorge Callado.
REQUISITOS
O chamamento público é o primeiro passo do processo para a instalação das empresas no parque. Os empreendimentos interessados deverão submeter proposta com a documentação solicitada no edital. É uma etapa de pré-qualificação à qual podem se candidatar pessoas jurídicas de base tecnológica, nacionais ou estrangeiras, isoladamente ou em consórcio.
As propostas de pré-qualificação passarão por avaliação técnica, jurídica e financeira, feitas por uma Comissão Especial de Licitação do Tecpar, que também verificará se os itens exigidos no edital foram atendidos. A data prevista para divulgação dos resultados da pré-qualificação é 17 de janeiro de 2020.
Após a avaliação das propostas será construído um outro edital de licitação, voltado apenas para as empresas aprovadas na pré-qualificação. Os contratos serão firmados somente com as empresas aprovadas em todas as etapas.

Fonte: http://www.aen.pr.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *