Alvorada do Sul constrói Unidade de Transbordo


Um dos grandes problemas dos municípios brasileiros é a correta destinação dos Resíduos Sólidos gerados pela população. O crescimento desordenado e a ausência de políticas públicas eficientes agravaram ainda mais esta situação.

Em 2010, foi criada uma Lei Federal (12.305/2010), que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, procurando regulamentar o tratamento e disposição final dos resíduos sólidos (lixo doméstico).

Historicamente, o município de Alvorada do Sul tentou, sem sucesso, resolver a questão dos resíduos sólidos através da construção de aterros sanitários, o primeiro em 2001 e o segundo em 2012. Ambas as tentativas não tiveram o sucesso esperado, pela dificuldade operacional que a tecnologia exige. Na tentativa de corrigir o problema, a atual administração optou pela contratação de uma empresa especializada no transporte e destinação final adequada dos rejeitos.

Para tanto, foram investidos aproximadamente R$ 172 mil, na construção de uma unidade de transbordo municipal. Essa tecnologia, além de menos complexa, retira totalmente os passivos ambientais causados pela destinação inadequada dos rejeitos, que, além de causar doenças graves, contamina os lençóis freáticos, lagos, córregos, rios e todo o ambiente local.

Além da construção desta unidade, serão ainda construídos no local, uma célula de compostagem e um aterro da construção civil, que irá livrar definitivamente o município dos transtornos causados pelos resíduos sólidos, atendendo também o que determina a Constituição Federal.

Também serão empregados recursos na coleta seletiva e na educação ambiental para que os resíduos possuam algum valor agregado ou que possam ser reaproveitados, reforçando a renda das pessoas que trabalham com esses materiais.

Segundo o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Ever Dugolin, “a atual administração investe e continuará investindo para que possamos ter um município limpo e comprometido com o desenvolvimento socioambiental. Pedimos o apoio da população para que possamos atingir a excelência no tratamento dos nossos resíduos, fazendo a separação inicial de material reciclável e do lixo orgânico”, finalizou.

O transbordo nada mais é que o depósito temporário do material, passando de um local para outro. Uma baldeação, em termos populares. Os resíduos serão depositados em Alvorada do Sul e depois retirados e levados para outro local pela empresa contratada.

A unidade de transbordo servirá para abrigar temporariamente os resíduos que depois serão retirados e levados para outro local pela empresa contratada.
Ainda estão previstos no local a construção de uma célula de compostagem e um aterro da construção civil.


One thought on “Alvorada do Sul constrói Unidade de Transbordo

  • José Luís Bavia

    Boa Noite. Hoje já tem empresas que coletam Óleo Vegetal utilizado, Lâmpadas fluorescentes “queimadas”, empresas comerciais que já vendem as baterias automotivas em ácido sulfúrico e gel novas e aceitam as que não tem mais condições de serem utilizadas, as baterias estacionárias oriundas de clínicas, hospitais, etc, pneus automotivos, quanto a agricultura tem lei da reversa junto aos produtores rurais micro e grandes produtores latifundiário etc QuAnto a destinação de lixo orgânico é na essência também políticas públicas de educação ambiental nas escolas, entidades eclesiásticas, rotária, extensão de faculdades públicas e particulares, cooperativas, associação comercial e industrial, já quanto a reciclagem podem ser cooperativas organizadas com estrutura pública e seus recicladores amparados com carteira registrada. Já rsiduos construções Civil, reforma, isopor, latas de tintas reversa, Meio ambiente é um conjunto de local destinação centralização de materiais reciclados e reaproveitamento dentro das normas conforme lei Federal. População, Executivo Municipal, Secretaria de Meio Ambiente Municipal, Secretaria da agricultura Municipal Águas estradas rurais para escoamento de safras do município. Etc.

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>