Peregrino de Primeiro de Maio cumpre promessa

No dia 09 de maio, João Batista de Moraes, carinhosamente conhecido como Duda, saiu em peregrinação de Primeiro de Maio, com destino a cidade de Aparecida do Norte (SP). O trajeto, de cerca de 700 quilômetros, foi percorrido à pé, carregando uma cruz de madeira.

Pelo caminho, Duda enviava fotos nos locais onde parava. Levou apenas o necessário e, como devoto de N. Sra. Aparecida, cumpriu o prometido. Segundo ele, “foi um ato de intenção pelo coronavirus. Sou fiel a Nossa Senhora Aparecida e fiz essa promessa, que, se acaso acabasse esse mal, que está matando tanta gente, eu iria até Aparecida do Norte, como agradecimento. Quando começaram a chegar as vacinas, resolvi pagar a promessa”, explicou. Foram 32 dias de peregrinação, mantendo o contato com a cidade, onde recebeu total apoio.

Duda conta que a cruz pesava 12 kg e ficou depositada na Sala dos Milagres, em Aparecida do Norte. Andava uma média de 35 km por dia. As pessoas iam dando dicas de locais para dormir e tomar banho. Teve o apoio de comerciantes e restaurantes que davam comida durante sua caminhada. Andava pelo acostamento e saia por volta das 7:00 horas, parando às 17:00 horas. Duda agradeceu os colaboradores de Primeiro de Maio e das outras cidades. Pela fé e determinação, fica aqui o registro dessa singela atitude religiosa.

João Batista de Moraes, popular Duda, peregrinou 700km até Aparecida do Norte em agradecimento.
Ao retornar para Primeiro de Maio, Duda foi recebido pelo vice prefeito Everaldo Amorim e comitiva religiosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *