Na pandemia, Aniversário de Sertanópolis evitou aglomerações

Bem que a cidade queria, mas, devido a pandemia causada pelo Coronavirus, o Aniversário de Sertanópolis teve apenas o Ato Cívico, Culto de Adoração e Louvor e a Missa de Ação de Graças. Mesmo o Concurso Fotográfico envolvendo os alunos das escolas, foi feito de forma virtual (veja nesta edição as fotos vencedoras em cada categoria).

O Ato Cívico aconteceu no dia 06 de junho, data do Aniversário da Cidade, em frente à Prefeitura. Para evitar aglomeração, as escolas não foram convidadas, nem foi feita uma divulgação intensa. A solenidade se restringiu a funcionários, vereadores e o Executivo Municipal. O vice-prefeito, José Rogério dos Santos, por problemas de saúde não se fez presente. O Secretário Geral, Bruno Brocoli, que se recuperava de internação devido o Covid-19, também não esteve presente.

O Padre Valter Diniz e o Pastor Aderbal Felipe, representando o Conselho de Pastores, foram os responsáveis pelo ato ecumênico. O vereador Carlinhos Torres falou em nome da Câmara Municipal, enquanto Marco Aurélio Biazotto ficou encarregado do hasteamento das bandeiras, juntamente com a Prefeita Ana Ruth Secco e o Diretor do Saae, Flávio Fantin. Também compareceram os vereadores Ercílio Batista da Silva e Luiz Miquelassi.

Carlinhos disse que Deus está a frente do município, que “continuará abençoado”, previu. Já a Prefeita Ana Ruth, lembrou seus tempos de infância, quando a banda da cidade ia pelas casas tocando dobrados e canções da época. “Neste momento de pandemia, temos que fazer uma reflexão. Vamos fazer um minuto de silêncio pelas vítimas da covid em nosso município e em todo país”, disse. A Prefeita ainda elogiou os profissionais da saúde, “que não medem esforços para atender a população, nossos médicos, enfermeiros, motoristas, pessoal da limpeza e da cozinha”, afirmou.

Ana Ruth também enalteceu os professores, que, segundo ela, “tiveram que se reinventar para dar aulas de forma remota e nossos trabalhadores das obras que não param um minuto sequer. Fica aqui meu sincero agradecimento pela presença de todos e vamos manter Deus a frente de tudo”, finalizou.

A Secretária de Educação, Graziela Fávaro, que conduziu o Ato Cívico, encerrou solicitando que todos continuem se cuidando. Segundo ela, “não foi possível fazer o desfile e outras festividades tradicionais devido a situação. Assim que for possível e as autoridades da saúde permitirem, iremos realizar”, observou.

Prefeita Ana Ruth Secco, os vereadores Ercílio Batista da Silva, Carlinhos Torres, Marco Aurélio Biazoto e Luiz Miquelassi representaram as autoridades durante a solenidade.
A participação do público foi restrita apenas para alguns convidados e autoridades devido a pandemia.
A Prefeita Ana Ruth Secco fez um minuto de silêncio em homenagem a todas as vitimas da Covid-19, discursou e desejou que no próximo ano as festividades sejam permitidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *