Sicredi lança CPR Fácil, produto 100% digital para o agro

Solução reduz burocracia para acesso a recursos e está disponível via app para associados com dados cadastrais atualizados

            A Sicredi União PR/SP atualizou a Cédula de Produto Rural Fácil (CPR Fácil), uma modalidade de Título de Valor Mobiliário (TVM) para produtores rurais que precisam de recursos para desenvolver os negócios ou fazer outras aplicações. Com possibilidade de contratação por meio do aplicativo da instituição financeira, a CPR Fácil já está disponível.

            Para ter acesso à solução, não é preciso ir a uma agência, mas os dados cadastrais devem estar atualizados, inclusive o registro no Cadastro Ambiental Rural (CAR). Quem ainda não apresentou o CAR, deve levar a uma agência da Sicredi para alterar as informações do cadastro.

            “O CAR é necessário para a validação de risco socioambiental. Com esse cadastro e dados atualizados, como telefone e endereço, bastam alguns cliques no aplicativo para simular e contratar o produto. A CPR Fácil é uma forma de acessar recursos com menos burocracia, sendo o nosso primeiro produto agro 100% digital”, diz o gerente de desenvolvimento da Sicredi União PR/SP, Vitor Pasquini.

            As facilidades da CPR Fácil foram disponibilizadas com valor pré-aprovado para 1.340 associados, mas podem alcançar até em torno de 4 mil. “Esse alcance vai aumentar conforme os associados atualizarem os dados cadastrais e o número do CAR”, explica Pasquini.

            Além de mais agilidade na hora da contratação, uma vantagem do título é a isenção de IOF. Com o recurso, os produtores podem custear a safra com agilidade e economia, investir em capital de giro, equipamentos e outros para desenvolver sua atividade ou mesmo aplicar em outras finalidades, não necessariamente ligadas à atividade rural.

            A CPR, lançada pela cooperativa em agosto de 2020, tem sido bem-aceita pelos produtores, tanto que a carteira da cooperativa é de R$ 523 milhões. “Hoje, para se conseguir um crédito rural, é preciso seguir todas as normas do Manual de Crédito Rural (MCR). Uma série de documentos, matrícula do imóvel e outros são exigidos. Na CPR isso é simplificado. E com a CPR Fácil, tudo ficou mais ágil”, diz Pasquini.

Título de renda fixa

            A CPR funciona viabilizando a produção e comercialização da produção por meio da antecipação de crédito rural. Trata-se de um título que representa promessa de entrega futura de um produto agropecuário, ou seja, facilita a produção e a comercialização para produtores.

            Antes, o agricultor recebia dinheiro e em troca prometia a entrega do produto para a instituição investidora. Graças à Lei 10.200/2001, a forma de liquidação da CPR foi flexibilizada, o que possibilitou que instituições financeiras negociassem as CPRs com os produtores rurais, que por sua vez poderiam liquidá-las não com produto (como milho, soja, bovinos e outros), mas com dinheiro da comercialização da produção. Em 2020, a Lei 13.986/2020 alterou algumas regras, flexibilizando, por exemplo, garantias obrigatórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.