Prefeitos assinam convênios com o Estado

Prefeitos da Amepar assinaram, no último dia 11 de maio, dois convênios com o Governo do Paraná, que ampliam o apoio aos municípios da região. As assinaturas aconteceram no Palácio Iguaçu em Curitiba e contou com a presença, além do Governador Carlos Massa Ratinho Junior, de deputados estaduais e membros da Universidade Estadual de Londrina. Os convênios são de qualificação na construção civil e produção de bicho da seda.

Os convênios são voltados para os municípios de pequeno porte (até 30 mil habitantes) da região da Amepar. O repasse, no valor de R$ 630 mil, será para uso da tecnologia BIM (Building Information Modeling), Modelagem da Informação na Construção. Os profissionais de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Arquitetura e Urbanismo da UEL, nos seus estágios obrigatórios, poderão utilizar o sistema para as prefeituras, obtendo melhorias na execução de obras, através de novas tecnologias.

O convênio ataca diretamente um dilema das obras públicas, que é a complexidade de dados que leva à perda de produtividade. O projeto melhora a execução dos recursos e também pode ajudar os municípios na obtenção de novos convênios estaduais e federais. Serão impactados, neste primeiro momento, os municípios de Alvorada do Sul, Bela Vista do Paraíso, Cafeara, Centenário do Sul, Florestópolis, Guaraci, Jaguapitã, Lupionópolis, Miraselva, Pitangueiras, Porecatu, Prado Ferreira, Primeiro de Maio, Sabáudia, Sertanópolis e Tamarana.

Os técnicos, assessorados por professores, vão desenvolver projetos para postos de saúde, praças, ginásios ou até mesmo reformas. Outro projeto que está sendo incentivado é o bicho da seda, que tem ganhado muito peso no Estado.

É mais uma alternativa para pequenos produtores, e o governo irá liberar R$ 340 mil para apoiar o projeto, que terá investimentos em equipamentos, viagens e sequenciamento genético. O Paraná conta com mais de 1,8 mil produtores de casulo de seda, em 165 municípios, que ocupam 3.900 hectares de plantação de amoreiras (alimentos para os bichos). Produz anualmente 2.532 toneladas, que representam 83% de toda seda produzida no País. A produção gera renda mensal de até R$ 5 mil para os pequenos produtores e pode ganhar valor agregado.

Alguns prefeitos da região da Amepar presentes. Entre eles, Marcos Voltarelli (Alvorada do Sul), Fabrício Pastore (Bela Vista), Vilsinho Quirino (Jataizinho) e Gerson Marcato (Jaguapitã).
Deputado Alexandre Curi que participou da reunião.
Vilsinho prefeito de Jataizinho e o Governador Ratinho Jr.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *