Moradores de Florestópolis reclamam da falta de remédios

Temos visto nas redes sociais, a constante reclamação de moradores de Florestópolis com relação ao acesso a medicamentos. A maior reclamação é relação à falta de aviso sobre a falta de medicamentos. Entendemos que, em determinados momentos, podem faltar esse ou aquele remédio, seja pelo motivo que for. No entanto, a Prefeitura ou o Departamento de Saúde, poderiam, ao menos, avisar as pessoas sobre a falta, através das redes sociais, cartazes, sinais de fumaça, rádio comunitária, jornal ou qualquer outro tipo de informação.

Pessoas idosas ou com dificuldade de locomoção, muitas vezes se deslocam até a farmácia central e dão com a porta na cara, sem os medicamentos que precisam. O Governo Estadual fornece uma cesta básica de remédios (os de uso contínuo ou mais utilizados). A Prefeitura recebe recursos dos governos para aquisição de outros medicamentos. Nada justifica o descaso com os moradores.

As outras obras são importantes e fazem parte de um conjunto de benefícios para o cidadão. Porém, os medicamentos são de extrema necessidade. Nas redes sociais, um dos remédios mais solicitados é Omeprazol, utilizado para corrigir o efeito negativo de alguns outros medicamentos que agridem o estômago, bem como úlceras gastrointestinais, gastrite, entre outros. Custa por volta de 30 reais nas farmácias e, adquirido em grande quantidade, o valor sai muito mais barato. É utilizado por um grande número de pessoas que tomam remédios contínuos.

Em seu plano de governo, registrado no Tribunal Eleitoral, o atual Prefeito Onício de Souza disse que pretendia “melhorar o atendimento na farmácia municipal, garantindo o pleno fornecimento de medicamentos a todos, e ainda, buscar junto ao Governo do Estado, a construção de um prédio amplo e exclusivo para tal serviço; Parceria para o fornecimento de medicamentos de alto custo (farmácia regional), estabelecendo local e horário de atendimento regular”. Infelizmente, até o momento, o atual prefeito não cumpriu essa e outras promessas (registradas em campanha). Vamos aguardar que o plano de governo seja cumprido, conforme se encontra no site do Tribunal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *