Lei beneficia trabalhadores de Sertanópolis

O vereador Glauco Rogério Ghisleri foi o autor de uma lei que vem trazendo benefícios para os trabalhadores do município de Sertanópolis. A Lei Municipal 2.725/2018 foi aprovada pela Câmara e sancionada pelo Prefeito Tide Balzanelo. Pela lei, todas as empresas concessionárias e permissionárias de serviços públicos, que são as empresas terceirizadas que prestam serviços aos órgãos da administração direta e indireta, além das autarquias do município, assim como as empresas beneficiadas com programas de fomento municipal e entidades que possuam convênios a qualquer título, recebendo recursos financeiros ou outros bens do município de Sertanópolis, devem, preferencialmente, utilizar o banco de dados da Agência do Trabalhador da cidade para preencher seus novos cargos e vagas de trabalhadores.

Antes, muitas vagas eram preenchidas com mão de obra de outras cidades. Com a nova lei, a preferência é para os trabalhadores do município. Segundo Glauco, “depois que a lei entrou em vigor, várias contratações foram feitas, com mão de obra de trabalhadores de Sertanópolis. Um exemplo é a empresa Maxim Engenharia e Empreendimentos, que fez a contratação de trabalhadores do nosso município. Segundo Carlos Vinícius Dias, da Maxim Engenharia, “possuímos a intenção de contratar mais funcionários e todas as contratações terão, como prioridade, aqueles que forem de Sertanópolis. A lei é muito boa e vem beneficiando as empresas e aqueles que precisam de emprego”, observou.

A Apae de Sertanópolis, uma entidade que recebe recursos do município, também abriu vagas para diversas funções no seu quadro de funcionários. A Apae também está utilizando o cadastro da Agência do Trabalhador. Atualmente, existem cerca de 200 pessoas cadastradas em vários tipos de profissões na Agência do Trabalhador de Sertanópolis.

Com a nova lei, quando uma empresa necessitar de funcionários, ela deve utilizar, primeiramente, o cadastro da Agência do Trabalhador. Caso seja um prestador de serviços, fornecedor ou entidade que receba recursos públicos ou tenha relação com a Prefeitura Municipal, Câmara, Saae ou Sermusa, os funcionários a serem contratados devem residir em Sertanópolis.

“A lei vem trazendo muitos benefícios para Sertanópolis pois aumenta a oportunidade de emprego e coopera com o comércio, fazendo com que os salários pagos, fiquem na cidade, circulem no comércio, aquecendo as vendas. A lei faz com que os trabalhadores de Sertanópolis, sejam mais valorizados”, lembra o vereador Glauco Ghislere.

Em sua última contratação, o Jornal da Cidade utilizou o cadastro da Agência do Trabalhador e contratou mais um funcionário, que já foi registrado e vem recebendo treinamento em nossa empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *