Saae investe em melhorias

            O Saae – Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Sertanópolis investiu pesado em melhorias nos últimos meses. Um dos investimentos foi na perfuração de novos poços artesianos, no setor norte, setor sul e setor leste. As obras tiveram início no dia 07 de julho e foram finalizadas em 14 de julho. Segundo Flávio Fantin, diretor do Saae, “o objetivo é atender toda a cidade. Era uma necessidade, pois no final de 2021 passamos por maus momentos, com a eminente possibilidade de falta d’água. Houveram vários problemas com a falta de água e chegamos a pedir para a população economizar, pois o que estava sendo produzido não seria suficiente para atender toda a comunidade”, afirmou.

            Os novos poços custaram cerca de 230 mil reais (os três) e atingiram uma profundidade de 150 metros, com vazão média de 100 mil litros de água/hora. Com a perfuração dos novos poços, o problema deve ser solucionado por um bom tempo. O Saae ainda pretende reativar poços que estava abandonado, onde a bomba havia caído e outros que, devido a baixa vazão, não foram acionados. “Durante anos o Saae não recebeu a devida atenção do poder público. A Prefeita Ana Ruth pediu que a gente investisse o que fosse necessário para melhorar o atendimento, coisa que os prefeitos anteriores não fizeram. Dentro de alguns dias, a nova caixa d’água central será instalada, pretendemos fazer 100% da rede de esgotos na cidade e outras melhorias virão”, informou.

            O Saae enfrenta ainda problemas judiciais, pois alguns moradores entraram com ações contra a autarquia devido a falta d’água alguns anos atrás e ganharam as ações. Isso pouco gente sabe. São quase 300 mil reais de indenizações que vem desde o mandato do ex-prefeito Tide e que agora estão estourando no colo da atual administração.

                Segundo Flávio Fantin, “agora não adianta chorar. É um problema que vem do passado e vamos ter que assumir”, resignou-se.

Três novos poços artesianos foram perfurados para evitar o racionamento e a falta de água, como no ano passado. Trabalho que já deveria ser feito a anos atrás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.