Mesmo com boa arrecadação, Sertanópolis não atrai indústrias


Na região metropolitana de Londrina, Sertanópolis está entre as cidades com melhor renda per capita, à frente de cidades como Londrina, Rolândia e Arapongas. As cidades que estão à sua frente, promoveram um intenso trabalho de atração de indústrias, como os municípios de Sabáudia e Ibiporã.

Sertanópolis está localizada próximo à Londrina, cidade sede e às margens da PR 323, um dos principais corredores logísticos para o Estado de São Paulo. Possui excelente infraestrutura na área da educação, boa qualidade de vida e, sua proximidade com Londrina, possibilita acesso à uma extensa rede de serviços médicos e odontológicos, entre outros. Todos esses parâmetros não estão sendo aproveitados pela Prefeitura Municipal, que deveria incentivar a industrialização, oferecendo condições para que novas empresas se instalem no município. O parque industrial, fruto de uma demorada disputa judicial, até o momento não foi regularizado a ponto de possibilitar o registro dos imóveis lá instalados.

O município é um dos que mais arrecada na região e, segundo a administração, “tem dinheiro em caixa”. Mesmo assim, peca em alguns setores, uma vez que não construiu nenhuma casinha, tem descarte de esgoto a céu aberto, polui o Lago Tabocó, nosso cartão postal, e só cuida de aparências. A próxima gestão poderá ter dificuldades, uma vez que a atual administração apresentou um projeto de lei para realizar um empréstimo de 4 milhões de reais. A conta deverá ser paga pelo próximo prefeito, o que poderá trazer transtornos para próxima administração. O atual gestor, no que pese sua honestidade indiscutível, trabalha apenas pensando no lucro financeiro, esquecendo-se do lado social, deixando a desejar nos quesitos habitação e geração de empregos.

Três municípios (Sabáudia, Jaguapitã e Sertaneja) possuem menor número de habitantes que Sertanópolis, mas a renda per capita é maior. Se for considerado o item população, somente Ibiporã fica à frente de Sertanópolis (fonte: IBGE www.cidades.ibge.gov.br). Confira a renda per capita dos municípios da Região Metropolitana de Londrina, com base em dados oficiais de 2018.


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>