Equipamentos da lavanderia do Hospital de Bela Vista estão abandonados

Alguns equipamentos da lavandeira no Hospital São Jorge, em Bela Vista do Paraíso estão abandonados, nos fundos do local. Uma máquina teria sido transportada para o anfiteatro municipal, enquanto outras estão cobertas com lonas pretas, num local descoberto, tomando chuvas, sol e sereno.

Em novembro de 2018, a administração anterior realizou uma licitação para a compra dos equipamentos. Foram adquiridos uma lavadora hospitalar, no valor de R$ 28.000,00 um gerador de energia (R$ 9.000,00), uma secadora rotativa (R$ 17.500,00) e um ferro de passar roupa industrial. A aquisição foi feita através de um convênio com o Sesa – Secretaria de Estado da Saúde, do Governo do Paraná.

Segundo informações, devido uma série de contratempos não foi possível instalar os equipamentos. Primeiramente foi feito um projeto para ser instalado no ambulatório, o que não foi aprovado pela 17ª Regional de Saúde. Depois voltaram com o projeto original para instalação num local nos fundos do Hospital São Jorge. Porém o local precisa passar por uma reforma e a Prefeitura não dispunha da verba necessária. O tempo foi passando e os equipamentos, embora adquiridos, não foram instalados.

A nova administração assumiu em janeiro deste ano e, passados nove meses, também não conseguiu instalar os equipamentos. Foi feita uma licitação para a contratação de uma lavanderia para o Hospital São Jorge, no valor de R$ 4.320,00. Ou seja, os equipamentos existem, mas não foram instalados. Para piorar, a lavanderia foi terceirizada, onde poderia estar economizando o dinheiro público. Tá na hora de começar trabalhar.

Equipamentos que custaram mais de 50mil reais, aguardam providências da administração municipal para que possam ser utilizados. Enquanto isso, paga-se para empresa terceirizada realizar o serviço de lavanderia.
Nos fundos do Hospital São Jorge, em local aberto e não apropriado, os equipamentos cobertos por lonas plásticas, alguns sob sol e chuva, vão se transformando em sucatas, até a adequada instalação para uso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *