Paraná prorroga decreto e municípios da região acompanham

O Governo do Estado prorrogou por mais 15 dias as medidas restritivas de enfrentamento da pandemia. O decreto anterior, editado no dia 10 de março, previa o encerramento das restrições no dia 31 de março. No entanto, com o agravamento da situação, o Governador Ratinho Júnior decidiu estender o período de restrições até o dia 15 de abril.

O novo decreto trouxe algumas mudanças, como a permissão para os shoppings e comércio não essencial atender aos sábados, nas modalidades delivery e drive thru. A manutenção das medidas de restrição se devem à necessidade de conter a transmissão do coronavírus, uma vez que os números de pessoas contaminadas e de mortes continuam subindo. Outro problema é com relação aos leitos hospitalares, que se encontram com altas taxas de ocupação.

Os municípios com menos de 50 mil habitantes devem seguir a regulamentação municipal. A questão de flexibilizar as medidas restritivas vai depender de cada município. No entanto, pelo que nossa reportagem conseguiu apurar, todos vão manter as restrições anteriores. Continuam proibidas a circulação de pessoas entre 20h e 05h, todos os dias. Ficam fora desta regra apenas os profissionais e veículos vinculados a atividades essenciais. Também continua proibida a venda e consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público e coletivo no mesmo horário, em todos os dias da semana.

Bares, restaurantes e lanchonetes só podem abrir para o público de segunda a sexta, das 10h às 20h, com ocupação máxima de 50%. Na modalidade delivery, podem funcionar sem restrição de dia e horário. O decreto mantém suspensas atividades que causem aglomerações, como shows, circos, teatros, cinemas e eventos sociais em espaços fechados, sejam eventos corporativos ou encontros familiares.

As atividades religiosas devem seguir a regulamentação da Secretaria da Saúde. Segundo o regulamento, templos e igrejas devem realizar suas atividades preferencialmente virtual. Nas atividades presenciais, devem ser respeitados todos os protocolos de segurança individual, como distanciamento, uso de máscaras e a disponibilização de álcool em gel. O limite máximo de ocupação continua em 15% da capacidade do local. As aulas presenciais continuam suspensas.

Vários municípios da região acompanharam o decreto estadual e também prorrogaram os decretos municipais.

Governador Ratinho Júnior prorrogou o decreto estadual até o dia 15 de abril. Restrições continuam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.