Paraná aumenta em cinco vezes a emissão de notas fiscais de produtos nos últimos dois anos

A média mensal de notas fiscais de produtos emitidas no Paraná é cinco vezes maior do que a registrada há dois anos, de acordo com dados do governo do estado. A comparação revela aumento desde que o programa Nota Paraná foi criado.

Segundo o governo, os registros passaram de uma média de 24 milhões de notas por mês, no segundo semestre de 2015, quando o Nota Paraná entrou em atividade, para uma média de 132 milhões no segundo semestre de 2017.

Em Curitiba, de acordo com a prefeitura, houve aumento de 14% no registro de notas fiscais de serviço, que são cadastradas no Programa Nota Curitibana, no primeiro bimestre de 2018, se comparado ao mesmo período do ano passado.

Foram 5,7 milhões de notas emitidas nos dois primeiros meses de 2018, de acordo com o município contra 5 milhões em 2017.

Nota Paraná

Com o Nota Paraná os cadastrados recebem de volta 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) recolhido pelos varejistas, nas notas fiscais que devem ser cadastradas no programa. Mensalmente são sorteados 250 mil prêmios, de valores variados.

Atualmente, o Nota Paraná possui 2,1 milhões de consumidores cadastrados. Até abril de 2018, o programa disponibilizou R$ 906 milhões em créditos e prêmios a consumidores e instituições sem fins lucrativos.Para participar, os consumidores precisam se cadastrar no site do Nota Paraná ou pelo aplicativo do programa.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *