Mais uma bomba em Jataizinho

O blog Paçoca com Cebola, do amigo Cláudio Osti (trabalhamos juntos na TV Tropical), informou que um morador de Jataizinho teria entrado com pedido de cassação do mandato do Prefeito Dirceu Urbano.

Celso Aparecido Biolada, que, segundo informações não oficiais seria amigo do Vereador Bidu, ingressou com uma acusação de improbidade administrativa contra Dirceu.

O pedido se baseia numa denúncia criminal do Gaeco – Grupo de Atuação Especial de combate ao Crime Organizado – contra o Prefeito de Jataizinho, Dirceu Urbano, servidores e empresários investigados por desvio de dinheiro do Município. A denúncia encontra-se na 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná. O grupo teria subtraído dinheiro dos cofres do município, de acordo com investigações realizadas no âmbito da Operação Deja Vu. Em abril de 2019, os denunciados uniram-se para desviar dinheiro público usando notas fiscais frias, emitidas pelos proprietários de uma empresa que acobertaram o pagamento pelo conserto de um veículo da prefeitura. As peças do veículo teriam sido adquiridas num ferro-velho e o serviço executado por um mecânico contratado informalmente. O custo real do conserto foi de R$ 1.875,00 embora o município tenha pago R$ 6.145,00.

Segundo o denunciante, teriam sido feitas interceptações telefônicas que constam no Processo 0038673-46.2020.8.16.0000 do Ministério Público. Celso Aparecido Biolado arrolou como testemunha o vereador Cícero Aparecido Guimarães, o Gordo da Saúde. O pedido de cassação foi protocolado na Câmara Municipal de Jataizinho no último dia 06 de agosto.

Um morador protocolou pedido de cassação do mandato do Prefeito Dirceu Urbano, de Jataizinho. Uma das testemunhas é o vereador Cícero Aparecido Guimarães, o Gordo.

Um morador protocolou pedido de cassação do mandato do Prefeito Dirceu Urbano, de Jataizinho. Uma das testemunhas é o vereador Cícero Aparecido Guimarães, o Gordo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *