Municípios aderem ao Consórcio de Vacinas

O município de Sertaneja não perdeu tempo e assinou o termo de adesão junto à Frente Nacional de Prefeitos para participação num consórcio entre os municípios brasileiros que tenham interesse em adquirir, por conta própria, imunizantes (vacinas) contra o Covid-19.

Segundo o Prefeito Jamison, de Sertaneja, “dentre as várias vantagens, destacamos que um consórcio que integre vários municípios brasileiros, vai ter a força necessária para adquirir as vacinas de forma mais rápida e com preços justos” salientou. O termo de adesão foi assinado no último dia 02 de março (o prazo para assinatura do convênio iria até o dia 05 de março). Agora os dirigentes do consórcio, aguardam a liberação do Congresso Nacional para que possam fazer a negociação com os fabricantes da vacina.

Até o momento, três vacinas estão liberadas pela Anvisa: Astrazeneca, Coronavac e Pfizer. Outras marcas aguardam a liberação para que também possam ser adquiridas pelos municípios brasileiros. Em tempos de pandemia, está é uma esperança que a vacinação chegue mais rápido aos municípios, uma vez que as negociações iniciadas pelo Governo Federal estão em ritmo lento.

O Prefeito Jamison está de parabéns pela iniciativa, que é para o bem do povo sertanejense. Esse é o tipo de administração que pensa na população e não perde as oportunidades que aparecem. No Paraná, 250 municípios fizeram a adesão ao consórcio da Frente Nacional dos Prefeitos. O prazo para inscrição terminou no último dia 05 de março e, no próximo dia 22 de março será realizada a assembleia para a instalação oficial do consórcio. Os municípios poderão adquirir as vacinas, pois estão liberadas pelo STF – Supremo Tribunal Federal, com total respaldo jurídico. Segundo a Frente Nacional dos Prefeitos, “a compra dos imunizantes está prevista em lei, caso o Governo Federal descumpra o Programa Nacional de Imunização (PNI) ou a previsão das doses seja insuficiente para imunizar a população.

Outro município que também aderiu ao Consórcio de Vacinas foi Alvorada do Sul. O Prefeito Marcos Voltarelli foi um dos primeiros a firmar um acordo para compra das vacinas. Em janeiro, Alvorada do Sul já havia assinado um protocolo de intenções com o Instituto Butantan, de São Paulo para que, assim que as vacinas fossem disponibilizadas, o município pudesse negociar diretamente com a fabricante nacional, afim de adquirir os imunizantes. O acordo prevê a compra de mais de 11 mil doses da vacina contra o novo coronavírus. O município possui recursos para a aquisição. Assim que o governo federal liberar, Alvorada do Sul poderá ser um dos primeiros municípios da região a receber as vacinas. O acordo para aquisição preferencial das vacinas foi assinado pelo Diretor do Instituto Butantan, Dr. Rui Curi e o Prefeito de Alvorada do Sul, Marcos Voltarelli.

Confira, no quadro abaixo, os municípios da região que fizeram adesão ao consórcio de vacinas:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *