Prefeitura corrige galeria de águas pluviais em Sertanópolis

Um problema que se arrastava por muitos anos está sendo corrigido pela Prefeitura de Sertanópolis, através do Departamento de Obras. A galeria não possuía a caída ideal e causava transtornos para as indústrias localizadas no final da Rua Distrito Federal, que tinham seus imóveis invadidos pela água.

Foram redimensionadas as bocas de lobo e criada uma nova rede de tubos, com caída suficiente para resolver o problema. Segundo o Departamento de Engenharia, “o problema estava na inclinação da galeria, que não era suficiente para dar escoamento às águas pluviais. Haviam muitas reclamações dos proprietários quando chovia, pois, a água invadia os imóveis, causando prejuízos”, explicou.

A obra está sendo feita com recursos próprios do município e mão de obra da Secretaria de Obras. Os tubos já foram adquiridos em quantidade suficiente para esse tipo de serviço e, caso ocorram sobras, serão utilizados em outras obras do município.

Outro local com problema é o final da Avenida Dr. Vacyr Gonçalves Pereira que, também nas chuvas, várias casas e comércios ficavam alagados. Para corrigir, foi contratada uma empresa através de licitação, que já aconteceu, para que as obras tenham início. Nesse local, a situação é bem mais complicada pois terá que ser feita uma nova linha de tubos, passando pelo Jardim Amâncio Secco, até o Ribeirão da Taboca. As obras desse trecho serão iniciadas em breve. A obra prevê a captação das águas pluviais geradas no final da Avenida Vacyr Gonçalves Pereira, com tubulação dimensionada para tal, indo até a Rua Judith Calheiros Almeida, percorrendo a extensão da Rua Luiz Babugia, até a confluência com a Rua Luiz Espanhol Filho até o Ribeirão da Taboca. Toda água pluvial vinda do Jardim Valtinei, Residencial Hoffmann, Jardim Rafaelli e imediações do Ginásio Monteiro Lobato acabam acumulando no local. A obra será feita com recursos próprios do município e mão de obra terceirizada, uma vez que envolve valetas profundas. Serão 400 metros lineares de tubos, a um custo aproximado de R$ 620 mil. A área de intervenção chega a 4.240 m2.

O problema de inundação com as águas das chuvas já está sendo resolvido na Rua Distrito Federal. A equipe de Engenharia e Obras da Prefeitura Municipal está empenhada.
O outro ponto de alagamento, final da Avenida Dr. Vacyr Gonçalves Pereira, mais complexo e exigirá maior tempo na conclusão, mas também já previsto para execução.
As novas manilhas já estão preparadas para serem usadas, resolvendo o problema em definitivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *