Câmara de Bela Vista reduz gastos e faz devolução recorde

Por Filipe Muniz.

A Câmara Municipal de Bela Vista do Paraíso teve redução nos seus gastos gerais em 2019. Do total de recursos recebidos, quase metade foram devolvidos. Entre os grandes responsáveis pela economia estão os cortes de funcionários comissionados e nas diárias concedidas.

No ano passado, a Câmara recebeu R$ 2,1 milhões da Prefeitura Municipal. Esse valor máximo ao qual o legislativo tem direito é definido pelo Tribunal de Contas. Do total recebido, 46% foi devolvido ao executivo. No ano anterior, a Casa tinha devolvido 26% do que recebeu.

Em relação aos valores totais, foi gasto R$ 1,1 milhão em 2019, uma economia de R$ 292 mil, que representa queda de 20,5% em relação a 2018, quando foram gastos R$ 1,4 milhão.

*Correção: Segundo o responsável pela notícia, Filipe Muniz, não foram gastos R$ 11,4 milhões, e sim R$ 1,4 milhão.

Responsável pela maior parte das despesas da Câmara, a folha de pagamento foi mais enxuta em 2019. Até o ano anterior, haviam cinco “cargos de confiança”. No ano seguinte, o atual presidente da Câmara, Fernando Menck (SD) manteve apenas um cargo comissionado, ocupado pela diretora do Departamento Administrativo.

Menck afirmou que pretende apresentar projeto para extinguir os cargos desse tipo: “Futuramente, se outros entrarem [na presidência] e quiserem [ter mais cargos comissionados], vão ter que fazer um projeto e ver com a população”. Ele também disse que parou de receber diárias quando assumiu a presidência, em 2019. “Como eu queria fazer os cortes de gastos, o primeiro que tinha que tomar a atitude de não pegar mais diárias seria eu”, disse.

Com os cortes nos pagamentos de diárias, os gastos caíram em 80% no ano passado, em comparação com o anterior. Em 2018, o legislativo municipal pagou R$ 53 mil. Já em 2019, o valor despencou para R$ 10,2 mil.

Fernando Menck conta que houve economia nas diárias pagas para ir a cursos presenciais. “Hoje a gente tem a maioria dos cursos pela internet, dá para juntar todo mundo e pagar um curso on-line, que sai muito mais barato. Então eu evitei liberar dinheiro para cursos”, afirmou Menck.

Segundo o presidente, as diárias da Câmara de Bela Vista são as mais baratas da região. Ele também afirmou que as viagens a Curitiba geram recursos para o município. “Se o vereador ou o prefeito não forem a Curitiba, não vão conseguir nada. Só se consegue alguma coisa indo no gabinete do seu deputado, ou do governador”, disse Fernando Menck.

O presidente do legislativo disse que sugeriu ao prefeito Edson Brene (PL) que utilizasse parte do dinheiro devolvido em 2019 para revitalizar a avenida, de Bela Vista até Santa Margarida, na iluminação, em pintura, nos canteiros e na criação de faixas elevadas. “Todos os bairros estão precisando de melhorias, mas a avenida é onde as pessoas de fora passam. É o espelho da nossa cidade”, disse Menck. O projeto de revitalização já está pronto e ainda deve ser licitado.

As sessões passaram a ser transmitidas pelo Youtube, com objetivo de ter mais participação e interação com a população que não possa estar presente.
Câmara de Bela Vista, representada pelo presidente Fernando Menck, devolve quase 1 milhão em economias para a Prefeitura Municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *