Hospital de Primeiro de Maio em fase final de conclusão

O Hospital Municipal de Primeiro de Maio está sendo concluído e a inauguração está prevista para o final deste semestre, entre os meses de junho ou julho, a depender das condições climáticas.

O hospital estava em estado lastimável de conservação e as poucas reformas que foram feitas não resolveram muito. Eram mais pinturas, a troca de uma porta aqui, um conserto acolá. O Centro Cirúrgico estava interditado porque haviam goteiras em seu interior, ficando impossível qualquer procedimento clínico. Foram cerca de oito anos nessa situação crítica. Ao assumir, a nova administração iniciou um intenso trabalho na busca por recursos junto ao Estado e ao Governo Federal. Após viabilizar os recursos, se deu início a um extenso processo burocrático de concorrência pública.

No total, estão sendo investidos cerca de um milhão de reais. Para que a reforma e ampliação fosse possível, antes foi preciso finalizar a UBS Central, localizada ao lado do Hospital. Uma etapa importante a ser vencida. Concluída a obra, uma parte do atendimento do hospital foi transferida provisoriamente para a UBS, tudo para não deixar de atender a população.

As instalações internas do hospital estavam todas deterioradas. As obras tiveram início em maio de 2019. A reforma e ampliação do hospital municipal prevê uma nova recepção, com uma entrada e saída independente para as ambulâncias. O local irá ganhar lavanderia, vestiários para os funcionários, cozinha e refeitório, almoxarifado e um necrotério, que antes não tinha.

Outro importante equipamento que o hospital passará a contar é um moderno gerador elétrico, que será acionado na falta de energia elétrica, evitando assim, qualquer problema para os pacientes que estiverem internados. O estacionamento para os funcionários e ambulâncias será coberto e o local passará a contar com novas unidades hospitalares e leitos para internação. Em toda obra, haverá poços de luz, tornando o ambiente ecologicamente correto e ventilado, com iluminação natural. O posto de enfermagem também está passando por uma reforma completa e o hospital terá ainda uma nova sala de Raio X, farmácia, sala de emergência, sala de inalação, consultórios, triagem, espera do pronto socorro, sala de higienização, sala de drenagem e curativos, esterilização, leitos de observação, enfermaria de isolamento, leitos femininos e masculinos, expurgo, quarto para os médicos plantonistas e novos sanitários tanto para os funcionários quanto para o público, inclusive com PNE.

A parte elétrica já foi concluída e várias salas já estão com os pisos assentados. A fase de acabamento está bem adiantada e faltam apenas a aplicação do paver no estacionamento.

Segundo a diretora do Serviço Municipal de Saúde, Maria Rita Xicareli, “estamos recebendo recursos do Ministério da Saúde, repassados pela Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 598.651,10. O repasse do Governo Estadual, através da Secretaria de Estado da Saúde será de R$ 659.789,91, totalizando mais de 1,2 milhão. Uma obra esperada pela população a muitos anos e que agora está sendo finalizada”, afirmou.

O Engenheiro Civil e Secretário de Obras, Gabriel Galli, disse que o antigo hospital tinha 991,90 m2. Segundo Galli, “a estrutura física do hospital irá ganhar cerca de 400 m2. Após o término da obra, o espaço físico do Hospital Municipal de Primeiro de Maio passará para 1.394,82 m2”, concluiu.

Em primeiro plano, parte do antigo prédio, que também será recuperado. No centro, as novas instalações do Hospital Municipal de Primeiro de Maio, e ao fundo, o prédio da UBS Central. Investimentos em saúde vão ultrapassar 1,2 milhão de reais.
Na parte interna, os serviços estão bem adiantados. Estão sendo finalizados os pisos e a parte elétrica. A previsão de entrega é para o segundo semestre deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *