Justiça nega nova liminar a Vilsinho

A Juíza de Ibiporã, Sonia Leifa Yeh Fuzinato indeferiu o pedido de liminar do ex-prefeito de Jataizinho, Wilson Fernandes, o Vilsinho Quirino. Ele havia entrado com um pedido para suspender o julgamento de suas contas na Câmara Municipal. As contas acabaram sendo reprovadas pelos vereadores e, com a reprovação, corre o risco de ter sua candidatura complicada.

Wilson Fernandes, o Vilsinho, teve as contas reprovadas durante sua gestão, no ano de 2013. O resultado da votação foi 6 x 0 pela reprovação das contas. O ex-prefeito entrou um pedido de liminar pedindo o cancelamento da votação pois, segundo ele, não teria sido dado o prazo legal de 10 dias para a apresentação da defesa de Vilsinho. A juíza, no entanto, alegou que o pedido estava dentro do prazo. Com relação a liminar impetrada pelo vereador Igor Sabará, o pedido não tinha relação com o fato e, portanto, não haveria necessidade da abertura de novo prazo recursal.

Com essas alegações, a Juíza Leifa Fuzinato manteve a reprovação das contas de Vilsinho Fernandes Quirino. Resta agora ao candidato recorrer ao TJ – Tribunal de Justiça do Paraná, que deverá resolver a pendenga até o dia 20 de outubro, data essa anterior a eleição de 15 de novembro. Portanto, ainda resta uma chance a Vilsinho, que poderá ser ou não confirmada. De qualquer maneira, a decisão sai antes das eleições.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *